Carnaval 1995

Deuses e Costumes nas Terras de Santa Cruz

Posição de desfile: 2ª Agremiação a desfilar.

Colocação: 5ª Colocada do Grupo A com 293,0 pontos.

Data do desfile: 24/02/1995 - Sexta-Feira.

Local: Sambódromo da Marquês de Sapucaí.

Presidente: Edgar Raimundo de Freitas.

Carnavalesco: Albeci Pereira.

Samba-Enredo:

(versão estúdio)


(versão ao vivo)

Compositores: Agostinho e Hugo Reis
Intérprete: Lecy Brandão

Lá vou eu...
Nas asas da imaginação
Sou negro sim... quero cantar!
Eu vou abrir meu coração
Os negros africanos aqui chegaram
Iludidos e vendidos como escravos
A saudade fazia lembrar
Seus Deuses e costumes de além-mar
Cantavam e rezavam pra voltar
Daí...
A cultura africana
Nas terras de Santa Cruz chegou
A música entoava seu lamento
Amenizando sofrimento e dor

Jongo e capoeira pra dançar
Ladainha e lundu pra cantar
Vatapá e acarajé
Feijoada a noite inteira
Como é gostosa a culinária brasileira


Os Deuses transformados em Orixás
Ogum, Oxossi, Iemanjá
Todo dia tem seu santo
Roda na gira
Quem tem gira pra girar

Tome um banho de arruda
Com galho de Guiné
Sai fora olho grande
Vou rezar com muita fé


Ficha Técnica
Componentes: 2300 
Alegorias: 5
Presidente: Edgar Raimundo de Freitas
Carnavalesco: Albeci Pereira
Autor(es) do enredo: Albeci Pereira
Autores do samba: Agostinho e Hugo Reis
Intérprete: Lecy Brandão
Mestre de Bateria: Mestre Jorjão
Diretor de Tamborins: Mestre Jonas
Mestre-Sala e Porta-Bandeira:
1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira
Nome do Mestre-Sala: Alexandre
Nome da Porta-Bandeira: Natalinha
1º Casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira
Nome do Mestre-Sala: Mauro
Nome da Porta-Bandeira: Gisele

Fotos do Desfile

Vídeo do Desfile